Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Cliente Perfeito

Uma perspectiva diferente do mundo encantado do atendimento ao público!

O Cliente Perfeito

Uma perspectiva diferente do mundo encantado do atendimento ao público!

15| O inacreditável

Quando durante a vossa vida chegarem aquele momento que pensam: não, esquece, eu já vi e ouvi mesmo tudo o que era possível. Enganem-se, o ser humano é um poço sem fundo, capaz de quase tudo. Já vi muita coisa acontecer numa loja, brigas entre marido e mulher, crianças a atirarem manequins ao chão (os quais se partem todos e que são caros, portanto os pais fogem de imediato), senhoras a trocarem etiquetas e depois na caixa obrigarem-nos a passar peças de 30 euros a 2 euros, entre muitas outras coisas. E depois há aqueles casos que se passaram connosco e que ficam guardados com muito carinho na nossa memória, tais como:

- As pessoas que correm ao nosso encontro a perguntar se podem usar a nossa casa de banho da loja (não vai acontecer, devem haver umas 10 casas de banho pelo centro comercial, porque raio querem usar a nossa?)

- As pessoas que tentam meter os lenços usados com ranho nas nossas mãos para pormos no lixo da loja (não vai acontecer, mas está tudo doido? A higiene ficou onde? Em casa?)

- Os que pedem para pormos o resto do lanche dos filhos no nosso caixote do lixo da loja, vai de garrafas, guardanapos, tudo e mais alguma coisa (devem existir o que? 100 caixotes de lixo num centro comercial?)

- Os que pedem para irmos aos provadores vestir-lhes os próprios filhos e ficam horrorizados quando dizemos que não fazemos isso (acho que nunca na vida deixava um filho meu ser vestido por uma pessoa desconhecida, mas isso sou eu, claro).

 

Não somos todos iguais, mas não é preciso abusarem.

 

18 comentários

Comentar post