Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Cliente Perfeito

Uma perspectiva diferente do mundo encantado do atendimento ao público!

O Cliente Perfeito

Uma perspectiva diferente do mundo encantado do atendimento ao público!

9| O Silêncioso

Diz-se por aí que o amor é cedo, surdo e mudo. Deixem-me dar-vos uma novidade, existem clientes que também são isto tudo, ou então são só uns valentes mal-educados. Podia dizer-vos que isto acontece poucas vezes, que o Homem não é um ser tão cruel, mas estaria a mentir-vos. Os portugueses são um povo maravilhoso a receber outros, mas ficam um pouco aquém quando se trata de ser civilizados com os da mesma nacionalidade. Conhecem aquela expressão de "falar contigo é o mesmo que falar com uma parede!", pois bem, falar com clientes por vezes é exatamente isso. 

Passo a demonstrar por diálogo (cliente que se dirige à caixa para efetuar o pagamento): 

Eu (lojista): Boa tarde!

Cliente: ... silêncio.

Eu: São apenas estas duas peças?

Cliente: (ou abana a cabeça ou revira os olhos)... silêncio.

Eu: (Menciono alguma promoção que possa estar em vigor no momento)... está interessado?

Cliente: ...silêncio.

Eu: Muito bem, são 17 euros e 20 cêntimos, por favor.

Cliente: (Entrega-me o dinheiro) e....silêncio.

Eu: Deseja fatura com número de contribuinte?

Cliente: ...silêncio.

Eu: Deseja saco?

Cliente: ...gemido (que soa qualquer coisa como sim ou não, ou as vezes meh).

Eu: Pronto, está tudo, muito obrigada, até à próxima!

Cliente: ...silêncio (vira as costas).

E vocês perguntam: como raio consegues terminar esta conta? Por instinto, meus caros, seguindo os meus instintos e conhecendo as expressões faciais das pessoas. Achavam que isto de vender era apenas isso mesmo: vender? Eu também achava, não podia estar mais enganada.

4 comentários

Comentar post